Estudando na Suécia, por Thomás Manfrinatii

Postado em

“Meu nome é Thomás, tenho 23 anos e faço o curso de Gestão de Políticas Públicas, na Universidade de São Paulo (USP). Comecei a considerar a ideia de realizar um intercâmbio no final do ano de 2013 e, no mesmo período, já comecei a ir atrás de passaporte e a estudar para a prova de proficiência em inglês – TOEFL. Mesmo ainda não tendo em mente um país específico, meu desejo era estudar em um país europeu (pela facilidade de viajar durante as pausas entre aulas), ter aulas ministradas em inglês, e claro, que as pessoas locais entendessem a língua.

Fiquei sabendo da oportunidade da LiU pelo edital de intercâmbio da faculdade, em Junho de 2014, que na época oferecia duas vagas. A Suécia se encaixava no padrão de país que gostaria de fazer intercâmbio, e meu nível de inglês atendia o requisito para as aulas. O tema do curso também me interessava muito: Ciências Políticas e Relações Internacionais, tema pouco explorado pelo meu curso no Brasil. Realizei uma pesquisa na internet sobre Linköping, a cidade onde se localiza a LiU, e me apaixonei. Tinha encontrado o lugar que eu gostaria de viver durante os próximos seis meses.

Inscrevi-me para a vaga e consegui sem muita dificuldade. O processo para a obtenção do visto de estudo na Suécia também é muito rápido e descomplicado, conseguindo o visto em menos de 15 dias.

Acabei ganhando uma bolsa para auxílio nas despesas durante o intercâmbio, pelo Santander, porém esta não permitia gastos muito exorbitantes. Minha maior preocupação, então, foi com custo de vida do novo país. Sabendo que a Suécia é um país nórdico, o nível de vida é alto quando comparado com o Brasil. Entrei em contato com a Catarina Lorin, responsável pelas acomodações dos estudantes da LiU, e consegui uma vaga em quarto compartilhado – o que reduzia o preço do aluguel pela metade, além de ganhar um companheiro de quarto canadense muito gente boa. As acomodações da LiU se situam quase todas no bairro Ryd, que fica 10 minutos de bicicleta da universidade. O bairro tem um centro comercial, supermercado e restaurantes. Como todos os estudantes moram por lá, também fica fácil ir para a casa dos amigos até durante a madrugada!

A Suécia me impressionou em diversos aspectos, e me proporcionou experiências únicas. Cheguei no país dia 15 de Janeiro, auge do inverno, e me deparei com a neve assim que desci do aeroporto, pela primeira vez na vida. Era a Suécia me dando um presente de boas-vindas. Aquele medo do frio acaba sumindo com a empolgação de tudo ser novo, diferente e desafiador. Aliás, o frio e a neve serviram pra intensificar ainda mais o gostinho bom do novo!

Em Linköping, como em toda Suécia, a bicicleta é um meio de transporte utilizado por todos. Os pontos turísticos e a universidade são pertos um dos outros, e a cidade é inteiramente plana, o que faz da cidade um verdadeiro enxame de bicicletas. Todos tem uma. Passei vergonha no início, porque ainda não sabia andar de bike! Depois de um mês andando à pé, e sentindo inveja dos meus amigos indo pra lá e pra cá com a magrela, me forcei a aprender. Comprei uma bike, sem muita certeza se iria conseguir aprender ou não, e em uma semana já pedalava pelos belos parques e reservas naturais que Linköping oferece.

Logo nos primeiros dias percebi que a comer em restaurantes realmente não era barato, mas preparar comida em casa não era tão mais caro que no Brasil. Também era possível se divertir sem gastar muito, como a noite de Jazz&Burguer no Flamman (algo em torno de R$18 o hambúrguer com fritas) e as festas do HG (gratuitas até às 22h).

O campus da universidade é lindo! As aulas são muito boas e os professores super preparados. No caso do meu curso, da área de humanas, era dada muita ênfase na discussão entre os alunos, quase todos intercambistas, e na realização de seminários. As aulas eram ministradas com um ou dois dias de intervalo entre elas, o que proporcionava um tempo maior de estudo e aprofundamento dos assuntos vistos em aula. Posso dizer que meu rendimento nunca foi tão grande quanto lá!

O contato com pessoas de diversos países e culturas diferentes é incrivelmente enriquecedor. Linköping tem uma quantidade absurda de estudantes de fora, cada um com sua história e sua forma única de ver o mundo. Ir para alguma festa implica em conhecer pessoas de pelo menos 5 países diferentes, às vezes até mais, em uma única roda de amigos! São pessoas que foram difíceis de dizer adeus quando voltei ao Brasil, e que conversamos até hoje pela internet.

O intercâmbio também me proporcionou viagens que não conseguiria fazer tão facilmente – pois viajar para (alguns) países europeus, uma vez dentro da Europa, é muito barato! Mesmo com um orçamento reduzido, tive a oportunidade de conhecer Londres, Paris, Veneza, Florença, Roma e Copenhague, além da capital da Suécia, Estocolmo.

Com toda certeza, meu intercâmbio em Linköping foi uma das melhores experiências da minha vida, e deixará saudades para sempre!”

11021089_789914281097048_1892579608509297207_n

Um comentário em “Estudando na Suécia, por Thomás Manfrinatii

    Lorraine Viana disse:
    24 de março de 2016 às 17:56

    Oi Elaine, prazer!
    Primeiramente parabéns pelo blog, ele está incrível!
    Eu sou de Minas Gerais, tenho 23 anos e estudo engenharia mecânica. Há uns 5 anos conhecer a Suécia tem sido meu sonho, e agora estou convicta em coloca-lo em prática. O depoimento do Thomás me encorajou muito (Obrigada!). Eu tentei entrar em contato com ele pelo facebook, más não obtive retorno. Gostaria de saber se é difícil conseguir a bolsa pelo Santander, pois são oferecidas apenas 100 bolsas. E sobre o nível de inglês/ Toefl.
    Abç.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s