Supermercado

Postado em Atualizado em

Convidei a amiga Vilma Alencar pra falar sobre mercado e comidinhas. Vilma é casada com Sueco, mora na Suécia a 2 anos e faz bolos, doces e salgados para festas.

O jeito sueco de fazer supermercado

Há quem ame, há quem odeie, mas não há quem escape de fazer supermercado. E fazer

supermercado também é cultura e aprendizado quando você mora em outro país e não é

diferente aqui na Suécia. Aliás é diferente sim, é bem diferente do jeito brasileiro!

A primeira coisa que eu notei na minha primeira visita ao supermercado aqui foram obviamente

os preços, são bem salgados, ao contrário da comida. Como uma pessoa que ama e precisa

economizar (não tá fácil pra ninguém!) eu logo procurei saber se aqui existia o sistema de cupons

que existe nos Estados Unidos que te dá ótimos descontos e pra minha tristeza eu descobri que

não, mas os descontos existem e economizar é possível! A maioria dos supermercados dispõe

online um anúncio com as promoções da semana, o que vai te ajudar a planejar suas compras e

alguns cupons que você pode imprimir e apresentar no caixa ou passar no scanner (já já

explico).Ficar atento a cupons de desconto que ficam pendurados perto dos produtos também é

uma alternativa!

Uma dica não só para fazer economia, mas para facilitar sua vida é fazer o cartão do

supermercado (não se preocupe, você não vai ser abordado por um batalhão ao estilo “vamos

fazer o cartão da loja moça” da C&A), para isso você vai precisar do “Personnummer”, o que

equivale ao CPF no Brasil, com esse cartão você pode usar um dos scanners pessoais da loja e

evitar as filas do caixa, já que você vai passa suas compras no scanner assim que tira das

prateleiras para o seu carrinho, pra quem quer economizar tempo pode já ir arrumando direto nas

sacolas. Além da praticidade esses cartões te dão direito a descontos especiais e o

supermercado vai te mandar cupons de desconto em ocasiões especiais (em média 10% de

desconto em uma compra durante um determinado período), além disso a maquininha te avisa

quando um determinado produto está em promoção e te mantém a par de quanto você está

gastando nas suas compras.

IMG_20150525_155215[1]

Outra diferença no jeito sueco de fazer supermercado é o respeito que se tem pelo trabalho dos

outros, tudo é pensado para facilitar não só a vida dos clientes, mas a dos funcionários também.

Você percebe isso já no momento de pegar o carrinho para fazer suas compras, não é só pegar,

usar e largar, para poder pegar o carrinho você vai precisar de uma moeda (5 ou 10 coroas) ou

de uma “chave” plástica que geralmente você ganha do supermercado e coloca no seu chaveiro,

o que significa que você precisa devolver o carrinho pro mesmo lugar que encontrou se quiser

seu dinheiro ou sua chave de volta. E se você passar suas compras no caixa convencional preste

atenção para não colocar os produtos amontoados na esteira, é uma gafe enorme, tenha

consideração pelo trabalho do caixa, após colocar todas as suas compras, organizadamente, na

esteira você vai colocar um separador após seu último produto para que a pessoa atrás de você

possa colocar as compras sem misturar com as suas.

IMG_20150525_165515[1]

Por fim você vai ter que pagar pelas suas sacolas (variando de 2 a 10 coroas dependendo do

material), a dica aqui é investir em sacolas de compras duráveis e ecológicas que você vai levar

toda vez que for fazer compras. Na questão ambiental você também vai encontrar no

supermercado uma máquina para retornar garrafas pet e latas de bebidas, cada garrafa ou lata

retornada te dá um crédito de 1 a 2 coroas que você pode descontar nas suas compras.

Encontrando produtos brasileiros e substitutos

Cada dia eu tenho mais certeza que a comida brasileira é a melhor do mundo, o problema é

como fazer comida brasileira aqui na Suécia? Tá, você não vai encontrar de tudo aqui, mas é

possível encontrar muita coisa pra matar a saudade da comida da terrinha!

Uma das dúvidas mais frequentes de quem chega aqui é se aqui tem creme de leite, e a resposta

é sim! Tem muitos tipos de creme de leite aqui, você só precisa achar o mais adequado para a

sua receita.

O creme de leite mais usado pelos suecos se chama grädde (lê­se grédê), ele vem em caixinhas

e fica próximo ao leite e iogurte no supermercado, ele tem uma consistência mais líquida que o

creme de leite brasileiro e pode ser usado em strogonofes e molhos em geral, se quiser dar uma

consistência mais grossinha pode­se usar maizena (sim, tem aqui com esse mesmo nome e a

mesma caixinha amarela). Também tem a versão vispgrädde que nada mais é do que o chatilly,

ele já vem praticamente pronto, tudo que você precisa fazer é colocar um pouco de açúcar de

baunilha (vaniljsocker) e bater na batedeira até ficar na consistência desejada, os suecos comem

chantilly praticamente com todas as sobremesas.

Se você quer um creme de leite mais consistente e mais ácido, digamos para fazer um mousse

de limão ou de maracujá, ou para fazer um molho que fica bom com um azedinho, você pode

usar o créme fraiche, ele vem em potinhos, também ficam na geladeira de laticíneos e pode ter

versões temperadas com alho ou pimenta, por exemplo (esses não obviamente não servem para

sobremesas). Esse tipo de creme também é muito usado para molhos frios que você pode comer

com batatas fritas tipo chips, existem pacotinhos de temperos em pó para dar sabores diferentes

ao creme fraiche, esses temperinhos você vai encontrar perto das batatas fritas.

O produto mais parecido com o creme de leite vendido no Brasil chama­se Kaymak creamy da

marca Puck, é um produto árabe, pode ser encontrado em supermercados normais como o City

Gross, mas é mais comum em lojas árabes, ele não fica na geladeira como os outros, fica na

mesma prateleira que o leite condensado e pode ser usado em qualquer receita brasileira.

IMG_20150525_181950[1]

Lojas árabes e asiáticas são lugares ótimos para encontrar produtos que se assemelham aos

brasileiros, como a proteína de soja, os sucos em pó e sucos em caixinha de frutas brasileiras

como a manga e a goiaba, com um sabor bem melhor do que os vendidos nos supermercados

tradicionais. Aqui em Linköping, a melhor loja árabe que eu conheço cham­se Salam e fica no

Skäggetorp Centrum. O City Gross é um supermercado grande, recém­inaugurado, no bairro de

lambohov, lá você pode encontrar produtos como a erva­mate que o pessoal do sul tanto ama.

IMG_20150525_161358[1]

Em lojas asiáticas você pode encontrar a goma de tapioca ou polvilho, com o nome de tapioca

mjöl, que serve tanto para fazer a minha amada tapioca nordestina ou o pão de queijo.

Também é possível encontrar produtos legitimamente brasileiros em sites que importam do

Brasil, esse é o meu favorito: http://www.portbrasil.se/, infelizmente a empresa não fica aqui em

Linköping, fica na cidade de Uppsala e o frete não é tão barato, mas dependendo do tamanho da

saudade a gente paga!

Por Vilma alencar

Anúncios

Um comentário em “Supermercado

    Carla Alves disse:
    26 de maio de 2015 às 19:11

    Ficou ótimo Elaine!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s